Comment

Rota dos Parques da Patagônia - Roteiro e Pontos Importantes

Olá, Galera!

Como dito no nosso YouTube, dividimos em cinco partes essa rota incrível que foi inaugurada recentemente pelo governo do Chile. Claro que não passamos pelos 17 parques, e fizemos uma passagem pela Argentina (Parque Nacional dos Glaciares) para fotografar novamente o Fitz Roy, o Cerro Torre e outras paisagens impressionantes. Segue as nossas percepções resumidas aqui, e o mapa:

1.      Região dos Lagos e Vulcões Chilenos

a.      Pontos de Interesse: Vulcão Osorno, Cachoeiras de Petrohue, Parque Alerce Andino

b.      Estradas: Boas

c.      Cidades e Estrutura: Boas

d.      Paisagens: Boas

Um local turístico e boa porta de entrada para se ambientar, se equipar e descansar um pouco. É a porta de entrada para a Carretera Austral com grandes paisagens. Vale a pena a ida com a câmera!

2.      Carretera Austral

a.     Pontos de Interesse: Parque Pumalin, Parque Queulat, Parque Cerro Castillo, Parque Patagônia

b.      Estradas: Péssimas

c.      Cidades e Estrutura: Incipiente

d.      Paisagens: Incríveis

A Carretera Austral não é para iniciantes. Se quiser ir, tenha em mente grandes percursos sem muito conforto e alugue um carro robusto por causa dos buracos e das estradas de rípio. Vá equipado com comida, água e combustível suficiente para ficar de boa em alguns trechos isolados. Faça as trilhas e visite os parques que tem paisagens incríveis e totalmente inexploradas.

3.      Rota 40 (Argentina)

a.     Pontos de Interesse: Parque Perito Moreno

b.      Estradas: Boas

c.      Cidades e Estrutura: Quase Inexistente

d.      Paisagens: Quase Inexistentes (Não fomos no Parque Perito Moreno)

Esse trecho da Rota 40 entre Chile Chico e El Chaltén não tem grandes atrativos para fotografia, exceto pelo Parque Perito Moreno, o qual não visitamos. Dormimos no caminho em Las Horquetas para quebrar a viagem e descansar um pouco. Vá com uma playlist caprichada e dirija nessas retas infinitas da Argentina.

4.      El Chaltén e El Calafate

a.      Pontos de Interesse: Parque Nacional dos Glaciares (Fitz Roy, Cerro Torre, Lagunas)

b.      Estradas: Boas

c.      Cidades e Estrutura: Boas

d.      Paisagens: Incríveis

Muita gente já conhece esse trecho por conta de El Calafate. El Chaltén é uma cidadezinha incrível com estrutura e dezenas de trilhas do fácil ao difícil. As paisagens de montanha são sensacionais, principalmente no outono. Recomendo totalmente para fotografia!

5.      Torres del Paine

a.      O próprio parque Torres del Paine

b.      Estradas: Ruins (principalmente dentro do parque)

c.      Cidades e Estrutura: Regular e Cara

d.      Paisagens: Incríveis

Torres del Paine dispensa comentários. É uma das mecas da fotografia do hemisfério sul e até mesmo do mundo. As fotos dificilmente sairão ruins se você ficar um pouco mais (recomendo cinco dias). Infelizmente as estradas dentro do parque não são das melhores e a estrutura é cara (alimentação e hospedagem). Mas, se não valesse a pena eu não estaria indo pela segunda vez lá. ;-)

Comment

Exposição na Fotografia em 2 Minutos – Congelando o Movimento

Comment

Exposição na Fotografia em 2 Minutos – Congelando o Movimento

Alô, pessoal! Tudo tranquilo? Nosso papo hoje vai ser sobre como congelar o movimento, ainda dentro das nossas dicas de exposição. Se você é novo aqui no canal, mesmas regras: dois minutos, exemplos e sem enrolação para você entender bem esse assunto. Bora lá!

No nosso último vídeo, falamos sobre longa exposição. Nesse, vamos falar exatamente sobre o contrário: a curtíssima exposição. O grande segredo de congelar o movimento, ou fazer aquelas fotos incríveis onde o tempo para e a gravidade parece não funcionar é você diminuir o máximo que conseguir o seu tempo de exposição.

Para isso, na sua câmera, você pode utilizar o modo de prioridade de obturador ou manual e colocar um tempo de exposição de 1/500 segundos ou menor. Quanto menor o tempo, mais a sua foto vai parecer que está completamente congelada. Algumas câmeras vão até 1/8000 segundos, o que é incrível! Uma consequência direta dessa técnica é você evitar aquela foto borrada, colocando sempre um tempo de exposição menor.

Os fotógrafos utilizam muito essa técnica para fotografar esportes, animais e até mesmo crianças em ensaios, já que as vezes elas não param quietas. Nos esportes, devido aos movimentos rápidos, os profissionais já deixam suas câmeras preparadas com essa alta velocidade e disparo contínuo para conseguir uma sequência perfeita de movimentos congelados.

Gostou? Dá um tapa aí no like, segue a gente e liga as notificações pra não perder mais nenhuma dica dessas. Nos vemos na próxima semana! Abraços e tchau, tchau!

Comment

Comment

Nosso Livro! - FOTOGRAFIA DESCOMPLICADA

Chegou o nosso livro, pessoal! :)

Se você quer um guia rápido e prático do mais importante para você ter uma fotografia de qualidade, sem enrolação essa é a hora.

Do básico ao avançado, você vai ter pequenos "cards" dos passos principais para as 40 dicas apresentadas no livro. Ah, e quem é cliente Kindle Unlimited baixa de GRAÇA! Clica aí pra ver!

Comment

Exposição na Fotografia em 2 minutos - Longa Exposição

Comment

Exposição na Fotografia em 2 minutos - Longa Exposição

Olá, Galera! Belezinha? Hoje vamos falar de um assunto que para muitos parece um segredo, mas que é bastante simples de se compreender: Longa Exposição. Mesmas regras de sempre: sem enrolação, dois minutos, e é tudo que você precisa para entender essa técnica tão bacana da fotografia.

Bom. Primeiro vamos falar sobre o que significa uma longa exposição. Não há consenso sobre quantos segundos seu sensor ou filme deve ficar exposto à luz para chamar isso de uma “longa” exposição. Por isso, para esses exemplos vamos considerar qualquer período de tempo em que você não conseguiria segurar a câmera sem tremer, ok? Essa quantidade de tempo geralmente vai da faixa de alguns décimos de segundo, até minutos.

E para que serve a longa exposição? Essa é fácil. Lembre-se que quanto maior o tempo de exposição, mais luz vai entrar no seu sensor. Então, você pode usar o modo manual ou de prioridade do obturador da sua câmera para fazer alguns truques legais como: rastros de luz em uma paisagem, ou em cenas urbanas, ou mesmo capturar aquele céu estrelado em um lugar bem escuro. O importante aqui é não esquece o tripé, já que sua câmera vai ter que ficar imóvel algum tempo.

Um outro truque bem legal é fotografar cachoeiras e rios dando um efeito de véu de noiva, ou de seda. Para isso, configure a sua exposição para de 1/10 a 2 segundos para conseguir detalhes mais sedosos, e de 10 a 30 segundos para ter um efeito totalmente “cremoso”. Quanto mais você aumentar o tempo aqui, maior o efeito de “névoa” em algumas superfícies agitadas como lagos ou ondas no mar. Experimente!

É isso pessoal! Um bom fotógrafo domina a longa exposição para fazer fotos melhores. E você? Já tá esperto nessas técnicas? Deixa seu comentário aí embaixo e segue a gente nas redes para mais dicas rápidas e eficazes. Abraços e tchau, tchau!

Comment

Composição na Fotografia em 2 minutos - Simetria

Comment

Composição na Fotografia em 2 minutos - Simetria

Alô, Galera! E aí, tudo bem? Hoje vamos falar sobre Simetria na fotografia e por que ela é tão importante para dar aquele look impressionante no seu quadro. Mesmas regras de sempre: dois minutos, sem enrolação, direto ao ponto. Bora lá!

Muitos estudos feitos na área de design e psicologia chegaram a conclusão que nosso cérebro gosta de uma determinada "ordem" na hora de observar as coisas. Essa ordem faz você se fixar mais no quadro, e consequentemente gostar mais da foto. Beleza, mas e aí? Vamos dar uma olhada pra ver como isso funciona na fotografia.

A primeira coisa é: não é toda a foto que você vai usar esse artifício da simetria. Obviamente, quando você captar uma oportunidade, é ali que você vai fazer. Normalmente isso é muito comum em imagens de paisagens espelhadas em lagos limpos e tranquilos. Além de dar aquele visual de outro planeta, quase que certamente dá pra você pegar aquela imagem e virar de cabeça para baixo sem perceber nenhuma mudança. Treine os olhos para ver isso na natureza!

Mas, não precisa ter um reflexo para você usar a simetria. Para ensaios, e até mesmo arquitetura é legal você colocar padrões repetitivos na imagem, causando um "bem estar visual". O mais bacana é que se você coloca algo ali (geralmente seu assunto) quebrando esses padrões, o observador entende quase imediatamente que aquilo ali é algo especial e diferente. A foto fica simplesmente sensacional.

É isso, galera! Treine a sua visão e você vai perceber esses padrões na natureza em várias coisas. Aproveita também para espalhar um pouquinho de amor, dando um like e uma compartilhada com aquele amigo fotógrafo! Te vejo no próximo! Tchau, tchau!

Comment

Composição na Fotografia em 2 minutos - Enquadramento

Comment

Composição na Fotografia em 2 minutos - Enquadramento

Fala, pessoal! Mais um videozinho para enriquecer seu conteúdo fotográfico, sem enrolação, por que a gente sabe que seu tempo é dinheiro! Hoje, o assunto é enquadramento e como ele pode fazer sua imagem subir um nível só com um pouquinho de criatividade e inteligência. Vamos lá!

O enquadramento é uma técnica que vai além da captura da sua imagem com o espaço do sensor da câmera. Imagine que, dentro do seu quadro, você ainda consegue envolver e enquadrar mais ainda o seu assunto no cenário onde ele está. Captou? Essa estratégia é usada para focar ainda mais a atenção nele, fazendo os olhos do observador serem capturados pela composição.

Esse artifício pode ser sutil, usando luzes e sombras, lembrando que as luzes chamam a atenção e as sombras repelem. Lembre-se sempre de deixar seu assunto na parte onde ele tiver o maior contraste. Mas, você também pode usar um enquadramento menos sutil, com elementos da própria composição para chamar a atenção. Nesse caso, é ideal ensaiar a foto antes, ou então aguardar pacientemente o momento certo.

Lembre-se que enquadramento tem tudo a ver com linhas guias, luzes e sombras, então, quanto mais você puder usar essas técnicas, melhor!

Ok, galera! Curtiu? Vou ficar esperando aqui pra você dar aquele joinha caprichado e compartilhar pra ajudar a gente fazer mais vídeos assim. Um abraço! Tchau, tchau!

Comment

Comment

Fotografia de Paisagens na França - Trilha para o Lac Blanc

Depois de chegar na maravilhosa cidade de Chamonix na França, aproveitamos um bom descanso com boa comida para carregar totalmente as baterias para o próximo dia, onde encaramos uma trilha em condições de montanha.

Fomos abençoados pelo clima, mais uma vez, e descemos na estação de montanha. O mais incrível é que, mesmo tarde, o sol ainda estava por trás dos grandes alpes propiciando uma vista incrível digna de uma hora dourada.

A fotografia é mesmo incrível. No meio do caminho sempre tem aquelas surpresas legais que só a natureza pode oferecer...

A escalada estava indo bem, conforme o planejado. Até o cansaço tinha ficado de lado com o frescor do vento e o sol delicado. Resolvemos parar um pouco para nos reabastecer, sabendo que o trecho mais complicado estava logo à frente.

Chegamos. Havíamos acabado de conquistar o Lac Blanc. A vista era incrível, apesar do lago estar um pouco mais seco que o normal. Parecia coisa de outro mundo. Ali, bebemos um pouco de água e preparamos para as fotos!

Missão cumprida, Galera! Começamos a descer, agora rumo a parte mais relax da viagem com uma fotografia mais lenta no Norte da Itália e para uma jornada secreta. Você curte um pouco de história e mistérios. Quer conferir? Assina aí, toca o sininho que eu te vejo logo, logo! Tchau, tchau! 😊

Comment

Composição na Fotografia em 2 minutos - Simplicidade

Comment

Composição na Fotografia em 2 minutos - Simplicidade

E aí, galerinha? Tudo tranquilo?

Vamos falar hoje sobre simplicidade na sua composição. Mesmo esquema de sempre: dois minutos para passar pelos tópicos principais e no final, já pode dar aquele joinha se você curtiu para ajudar mais gente a ver esse vídeo por aqui no youtube. Vamos lá!

Simplicidade. Esse item é fundamental se você realmente quer uma fotografia impactante. Há uma frase que gosto muito que diz o seguinte: se a sua fotografia não está boa, é por que você não chegou perto o suficiente. O que isso quer dizer? As vezes você está colocando muitas coisas nas sua imagem, e não está focando o suficiente no seu assunto.

Existem várias formas de focar no seu assunto: chegando perto, por meio do contraste, ou até mesmo isolando ele do resto dos elementos usando a profundidade de campo. O importante é você manter a foto simples. Uma informação de cada vez. Lembre-se que você tem várias fotos disponíveis para contar uma história: você não precisa querer colocar tudo em um quadro só.

Preencha seu quadro. Use a profundidade de campo para separar os elementos. Use as luzes e sombras. Se você der destaque ao seu assunto nas imagens, já está com metade do caminho andado para uma bela fotografia!

Valeu, pessoal! Segue a gente aí, se você quer ver algumas fotos bacanas nas redes, e vejo vocês na próxima. Tchau, tchau!

Comment

Comment

Fotografia de Paisagens nos Alpes - Gruyeres e Chamonix

E aí galera! Tudo bem? Continuando nossa viagem, hoje vamos para um mini-vlog, pegando a rota para a França de Lauterbrunnen através do interiorzão rural da Suíça. A programação do dia era mesmo descansar, conhecer a região de Gruyeres, com seus castelos, queijos e comidas maravilhosas. Nada de paisagens hoje! Mas fotografia, sabe como é né...

Como hoje era um dia bem relax, eu resolvi deixar a full-frame de lado e abracei a pequena M6 para fazer fotografia mais casual. Obviamente, eu já sabia que ia tirar algumas fotos do ambiente, e também da minha esposa então, resolvi deixar tudo leve para poder descansar um pouco pros desafios dos próximos dias, comendo aquele fonduezinho!

Hora de ir embora. Ainda tinha uma estrada pela frente, e as vistas não decepcionaram. Paramos em alguns pontos para tentar algumas fotos, mas o prato principal mesmo era o dia seguinte na cidade de Chamonix.

Não perca o próximo episódio, onde vamos fazer a trilha do Lac Blanc em busca de fotografias de paisagens perfeitas. Te vejo lá!

Comment

Composição na Fotografia em 2 minutos - BALANCEAMENTO

Comment

Composição na Fotografia em 2 minutos - BALANCEAMENTO

Fala, Pessoal!

Estamos voltando com nossas pílulas de dicas de fotografia totalmente de graça para aqueles que querem subir de nível com as imagens sem stress. Se gostarem do material não esquece de dar aquele joinha e compartilhar com os amigos para ajudar ainda mais gente! Bora pros dois minutos!

Nosso assunto hoje é balanceamento na fotografia. Se você perceber bem, o seu quadro precisa estar balanceado para ser bem percebido pelo observador. Um dos maiores problemas de algumas imagens darem a impressão de estarem bagunçadas e confusas é que elas não são bem equilibradas pelo fotógrafo.

Em um quadro o ideal é pensar nos elementos com um certo peso. Se você agregar muitos elementos em um lado só do quadro, o observador fica com uma sensação estranha de desequilíbrio. Melhor mesmo é você fazer uma distribuição que favoreça um certo equilíbrio e instigue a curiosidade no seu observador com uma certa simetria.

No caso de ensaios e retratos é muito comum usar o espaço negativo, principalmente para reter a atenção no primeiro plano, no seu assunto. Neste caso, é bem legal balancear o fundo vazio com cores ou texturas contrastantes com o assunto, mas que não chamem tanta a atenção. Lembre-se: foco no assunto e o restante é para decorar!

É isso, galera! Se quiser conferir nossas fotos, segue a gente aí nas redes. Espero que tenham gostado e vejo vocês no próximo vídeo! Abraços e tchau, tchau.

Comment