Comecei a fotografar profissionalmente em 2013, oferecendo serviços de fotografia de casamento e ensaios. Em 2014 comprei minha primeira “full-frame”, mas somente em 2015 comecei a utilizá-la em sua plena capacidade. Apesar de gostar e praticar fotografia desde 2005, quando comprei minha primeira camerazinha digital, somente em 2009 adquiri minha primeira DSLR. Considero este tempo de 2009 a 2015 como um período de aprendizado onde extraí lições valiosíssimas que agora vou compartilhar com vocês, afinal de contas sempre quis que alguém me contasse os segredos nesse tempo todo!

Estudar e treinar fotografia e pós-processamento? Para quê?

Minha fotografia começou realmente a evoluir a partir do momento que eu comecei a me interessar e estudar as melhores técnicas e artistas, e treinar, as vezes diariamente. Isso inclui composição, exposição, pós-processamento, planejamento. Não digo que você tem que ser rico e fazer milhares de cursos de fotografia ou comprar centenas de livros. Vá pelo caminho mais fácil: há centenas de canais, blogs, materiais gratuitos pela rede, e de qualidade! Depois sim, você pode começar a investir mais profundamente, com mais noção do que você precisa melhorar. Lembre-se que enquanto você está dormindo ou vendo novela, tem um chinês fotografando! Estudar e treinar faz TODA a diferença.

RAW? Isso ocupa muito espaço!

Até 2014 praticamente eu não fotografava em RAW. Chocante, não? Até mesmo nos casórios, minhas fotos eram em JPEG. Isso era um grande problema? Não... e Sim! Não, pois para mim não fazia muita diferença, pois eu não editava as fotos em um nível mais rebuscado e eu estava interessado em quantidade. Prestava um serviço mediano. Quanto mais fotos eu tirava, melhor! E sim, pois isso me fazia sempre ficar nesse ciclo vicioso: Não usar o RAW, não editar as fotos com qualidade, não aprender. Meu grande arrependimento veio quando comecei a treinar e editar com cuidado as minhas fotos que tirei durante uma das minhas viagens e não fiquei satisfeito, pois elas estavam em... JPEG!

Querer comprar e carregar TODOS os Equipamentos!

Quem nunca? A tendência quando estamos começando é achar que as tecnologias e equipamentos é que fazem as melhores imagens. Aí, pensamos logo em comprar aquela Full Frame dos sonhos, aquele tripé invencível, aqueles filtros, PC e tralhas de última geração. Pior ainda: ainda queremos carregar tudo conosco! COMECE COM O QUE VOCÊ TEM e sem mimimi. Faça o melhor com o que você tem, depois veja as limitações e vá comprando as coisas nessa direção. Eu, ainda bem, não me afundei nos equipamentos, mas vai por mim: é uma tentação muito grande.

Não procurar a luz certa, nas horas certas

Luz é tudo na fotografia. Obvio assim? Para muitos não! Se você tiver no local certo, na hora certa, você pode tirar uma foto melhor com um smartphone do que um cara com uma DSLR. No início eu simplesmente não entendia isso. Achava que o equipamento fazia a diferença, e talvez até o sol ficasse mais radiante ou as nuvens mais coloridas só de ver a câmera na minha mão. Não tem jeito: para escrever com a luz, você precisa de... Luz! O pós-processamento pode fazer muitas coisas, mas ainda não há como substituir uma belíssima luz da manhã ou do fim da tarde, um claro e escuro de uma luz natural em uma janela, ou rebatida suavemente. Atenção: O grande segredo da fotografia é a luz, e os grandes mestres dominam isso.

Não planejar as fotos

A preparação é fundamental em muitos momentos na nossa vida, e não poderia ser diferente na fotografia. Eu no começo, tirava as fotos enquanto passava pelos lugares, sem muito planejamento ou visualização. Depois, infelizmente eu chegava a conclusão de que elas não ficavam legais como as de alguns ídolos. Esses especialistas da fotografia são largamente remunerados apenas porque eles dominam, sabe o quê? Planejar. Em muitos documentários vi alguns grandes fotógrafos irem a lugares remotos com a foto já em mente, ou desenhada em um papel, e uma equipe para ajudar a executá-la. As vezes eles ficam dias em um lugar, apenas por uma foto. Não estou dizendo que você precisa de uma equipe, mas planejar, tanto na paisagem quanto no estúdio é fundamental para conseguir os resultados que você quer.

 

Comment