Fala galera! Essa semana eu to pegando firme planejando minha próxima viagem fotográfica que vai ser para os alpes e parte da Itália. Para isso, eu to usando algumas ferramentas e resolvi compartilhar o passo a passo com vocês, já que ia quebrar meu galho (do planejamento) e o de vocês, para aprender esse processo que muitos fotógrafos famosos usam.

Antes de começar, já seguiu a gente no Instagram? Aproveita esse momento pra seguir lá, pois agora estamos focados em colocar dicas curtas e rápidas que vão melhorar muito a sua vida! Sem mais delongas, vamos lá!

1.       500px e Instagram

Em primeiro lugar, quando você vai para um lugar que você não conhece, você precisa saber quais são os points para fotografar. Tem duas ferramentas para isso: o instagram, que é super famoso, e o 500px, que eu até prefiro por ser mais focado em fotografias profissionais. Isso não é novidade, pois já falamos em um vídeo recente.

Hoje, eu vou mostrar aqui para vocês como que eu faço a busca lá no 500px para o meu caso, que é uma bela fotografia do matterhorn.

Se você abrir o 500px e digitar “matterhorn” você de cara já vai ver várias fotos legais de lá. No caso dessa aqui, eu quero saber onde é o lugar desse fantástico reflexo, e o próprio fotógrafo já deixa aqui na descrição da foto a dica: stellisee, por coincidência ele diz que a melhor época é em outubro. Oba! Vambora dar mais uma olhadinha em mais fotos de lá.

Com certeza é lá que eu quero ir. Todas as fotos são bem parecidas. Só que agora eu tenho que descobrir onde é, como chega, e qual a melhor hora. Vamos usar o Google Earth para descobrir tudo isso.

2.       Google Earth

Com o Google Earth eu consigo planejar com grandes detalhes a minha foto. Isso não só pelo local, mas pela hora, e até pela iluminação que eu vou pegar no dia e hora que eu quero ir.

Como usar? É muito fácil. É só digitar o nome do lugar que você quer ir e explorar o mapa usando a bussola e a visão aqui no canto de cima. Bora ver:

Excelente. Agora eu vou ver qual a melhor hora para ir... se é no por do sol, ou no nascer do sol.

Bom, se eu quiser pegar o sol explodindo atrás da montanha, melhor o por do sol. Mas, se eu quiser pegar ela com a iluminação fraquinha da manhã e cores mais leves, melhor no nascer do sol. É só ver a barrinha ali em cima para achar a hora que você vai ter que estar lá!

Outra coisa que eu preciso ver é: como chegar lá. O Google Earth é legal porque você consegue enxergar algumas trilhas. E no meu caso aqui, provavelmente eu vou ter que pegar algum dos lifts de montanha para chegar lá e fazer uma caminhada.

3.       Google Maps

Agora que eu já sei o quê e o quando, falta o como. Nada como usar o Google Maps para chegar no destino certo. Vou selecionar aqui meu hotel, e o destino para saber como chegar lá.

Pronto.

Agora é só enviar essa rota para o meu email pessoal para eu guardar.

Ah, galera! Um extra: uma dica muito importante é você salvar o mapa offline sempre no seu celular. Eu já fui para lugares onde não tinha internet, e isso quebrou muito meu galho.

Valeu, pessoal! Entenderam? É bem fácil né? Espero que tenham gostado! Se sim, deixa um like, compartilha com os amigos e fica ligado para o próximo vídeo. Tchau, tchau!

Comment