Alô, pessoal! Tudo tranquilo? Nosso papo hoje vai ser sobre como congelar o movimento, ainda dentro das nossas dicas de exposição. Se você é novo aqui no canal, mesmas regras: dois minutos, exemplos e sem enrolação para você entender bem esse assunto. Bora lá!

No nosso último vídeo, falamos sobre longa exposição. Nesse, vamos falar exatamente sobre o contrário: a curtíssima exposição. O grande segredo de congelar o movimento, ou fazer aquelas fotos incríveis onde o tempo para e a gravidade parece não funcionar é você diminuir o máximo que conseguir o seu tempo de exposição.

Para isso, na sua câmera, você pode utilizar o modo de prioridade de obturador ou manual e colocar um tempo de exposição de 1/500 segundos ou menor. Quanto menor o tempo, mais a sua foto vai parecer que está completamente congelada. Algumas câmeras vão até 1/8000 segundos, o que é incrível! Uma consequência direta dessa técnica é você evitar aquela foto borrada, colocando sempre um tempo de exposição menor.

Os fotógrafos utilizam muito essa técnica para fotografar esportes, animais e até mesmo crianças em ensaios, já que as vezes elas não param quietas. Nos esportes, devido aos movimentos rápidos, os profissionais já deixam suas câmeras preparadas com essa alta velocidade e disparo contínuo para conseguir uma sequência perfeita de movimentos congelados.

Gostou? Dá um tapa aí no like, segue a gente e liga as notificações pra não perder mais nenhuma dica dessas. Nos vemos na próxima semana! Abraços e tchau, tchau!

Comment