Viewing entries tagged
viagem

Comment

Fotografia de Paisagem: O que você deve saber antes de viajar

E aí pessoal? Beleza?

Já sabemos que antes de viajar sempre bate aquela incerteza e ansiedade, principalmente quando você vai fotografar lugares maravilhosos. Mas, quer saber o que você pode fazer para dar aquela checada no que você deve fazer para caprichar nas imagens? Dá uma clicada no nosso artigo!

Um abraço!

http://www.fotografia-dg.com/fotografia-de-paisagem-o-que-voce-deve-saber-antes-de-viajar/

Comment

Dez dias nos fiordes e montanhas da Noruega

Comment

Dez dias nos fiordes e montanhas da Noruega

Olá Pessoal! Como tem passado? Espero que muito bem!

Vocês já viram a primeira parte da nossa viagem ao redor da Islândia e suas estradas e paisagens magníficas. Porém, agora vamos divulgar para vocês a segunda parte dela, e será mais ou menos com a mesma filosofia, mas na belíssima Noruega.

Para começar, essa Road Trip não iria acontecer. O planejado para a segunda parte do nosso roteiro seria conhecer algumas cidades principais da Terra do Bacalhau pelo mar. Deixa eu explicar melhor: Iriamos pegar um cruzeiro na Alemanha e fazer um tour pelo Mar do Norte dado aquela relaxada, mas graças a Deus, deu tudo errado.

No dia que iriamos comprar as cabines, elas aumentaram de preço significativamente. Sabe como é: para viajar mais, com recursos limitados, é melhor gastar menos. A grande surpresa foi constatar que uma viagem de carro pelos Fiordes e montanhas da Noruega, durante mais dias, ficaria mais barato que o próprio cruzeiro. Lembra que eu falei uma vez que se algo deu errado, isso é um bom sinal? Então... mais aventuras!

Nosso roteiro de dez dias foi bastante complicado de planejar, mas não se assustem: foi apenas para um marinheiro de primeira viagem. Agora que o caminho já está mastigadinho, vocês podem se basear nele para pegar as grandes atrações dessa maravilhosa terra nórdica:

Dia 1 (12/5) - Oslo a Lillehammer:

Nesse primeiro dia não tem mistério. Não será um dia para fotografias de paisagem grandiosas. Descemos em Oslo, e vamos de carro direto para Lillehammer, a cidade nórdica das olimpíadas de Inverno. Vamos rodar um pouco por lá para ver as atrações e descansar, já que também somos filhos de Deus.

Dia 2 (13/5) - Lillehammer a Hjerkinn:

Agora a coisa começa a esquentar (ou esfriar na verdade)! A nossa escala antes de chegar à cidade de Hjerkinn é o grandioso Parque Nacional de Jotunheimen. Vamos procurar por lugares para tirar fotos de paisagens, e se o clima permitir, subir pela trilha até a Besseggen Ridge que é uma das vistas mais impressionantes da Noruega. Na volta, vamos contornar o Parque Nacional de Rondane, que faz parte de uma das dezoito nasjonaleturistveger (estradas turísticas nacionais) do país.

Dia 3 (14/5) - Hjerkinn a Molde:

Mais atrações impressionantes à vista. Hoje será o dia de atingir a parte mais ao norte da nossa viagem, seguindo até a cidade de Kristiansund e explorando o trajeto até lá, passando por Innerdalen. Ao final do dia, antes de chegar a Molde, iremos percorrer a mundialmente famosa Estrada do Atlântico (Atlanterhavsveien) também uma das estradas turísticas mais populares da Noruega.

Dia 4 (15/5) - Molde a Olden:

O trajeto hoje vai em grande parte depender da Mãe Natureza para que sigamos o destino pela Trollstigen, a famosa estrada sinuosíssima da Noruega. Essa é considerada uma das estradas mais perigosas do mundo, e só abre normalmente após meados de maio. Dependendo do clima, ela abre passagem para a temporada mais cedo, ou mais tarde, por isso ficaremos de vigília para se necessário mudar os planos. Após encarar as curvas, vamos para Geiranger, curtir os famosos fiordes e vistas espetaculares. Olden será nosso último destino, onde nos hospedaremos em meio às montanhas e lagos gélidos para mais um dia de merecido descanso.

Dia 5 (16/5) - Olden a Nes Gard:

Nosso objetivo hoje é explorar as geleiras e montanhas do interior do sul da Noruega, indo até Briksdalsbre e Fonn. Iremos parar no nosso local de hospedagem em Nes Gard para descansar um pouco no meio do trajeto e ir para Nigardsbreen registrar mais algumas imagens impressionantes da natureza nórdica perto da Golden Hour.

Dia 6 (17/5) - Nes Gard a Flam:

Vamos pegar o caminho maior até Sognefjellet só para curtir as vistas e tirar algumas fotos ainda pela manhã. Este caminho pertence a mais uma das 18 estradas nacionais turísticas da Noruega, e não vai decepcionar nas paisagens. Na volta, iremos até Flam pela Aurlandsfjellet, outra estrada top, também conhecida como “Snow Road”. Vamos ficar ligados nas condições de clima para percorrer essa estrada, já que alguns metros de neve costumam bloquear a estrada durante uma boa parte do ano. Em Flam vamos aproveitar o período prolongado de luz do dia para fotografar mais fiordes e montanhas.

Dia 7 (18/5) - Flam a Roldal:

Bem cedo, vamos fotografar mais paisagens em Flam e em sua cidade vizinha, Undredal. Em direção ao sul, visitaremos o mirante Ringeldalsdammen, próximo à famosa Trolltunga, que infelizmente não estará disponível nessa época para a trilha solo (só no verão). Também faremos questão de ir até o lago Bondhusvatnet para registrar suas incríveis paisagens. Ao final da tarde, vamos até a cidade de Roldal para recarregar as energias e nos preparar para o dia seguinte.

Dia 8 (19/5) - Roldal a Preikestolen:

Neste dia, vamos acordar cedo para ir até os arredores da cidade de Jorpeland e fazer a famosa trilha da Rocha do Púlpito (Preikestolen). Estimamos em torno de quatro horas de caminhada ida e volta, caso o clima permita, e pretendemos fazer a caminhada na parte da tarde. Na volta, dormiremos na cidade de Tau, um pouco mais ao norte, começando nosso retorno em nosso caminho para Oslo.

Dia 9 (20/5) - Tau a Rauland:

No retorno a Oslo, vamos explorar o interior da Noruega, passando pelas estradas ao sul do belíssimo parque de Hardangervidda. Para compensar a caminhada do dia anterior, vamos descansar bastante o restante do dia.

Dia 10 (21/5) - Rauland a Oslo: 

No nosso último dia de aventuras na Noruega, vamos completar nosso caminho até Oslo, pelo sul do Hardangervidda, passando por paisagens de tirar o fôlego em Skinnarbu, Gaustatoppen e da famosa Igreja de Madeira de Heddal. Ao chegar no aeroporto vamos devolver nosso carro e descansar para embarcar bem cedo, na nossa viagem de volta para o Brasil!

Comment

Viagem Fotográfica: O que levar?

Comment

Viagem Fotográfica: O que levar?

Olá pessoal! Tudo certo?

Quem nunca ficou naquele dilema de quais equipamentos levar para uma trip fotográfica? Eu estava aqui arrumando minhas malas, e obviamente não poderia deixar esse assunto de extrema importância para trás. Pensei também que poderia compartilhar com vocês, e mostrar como arrumei a minha mochila de equipamentos para ajudar os marinheiros de primeira viagem a enfrentar esse problema.

Alguns equipamentos são muito específicos para algum tipo de fotografia. A primeira coisa que você deve pensar é: qual o propósito da minha trip? Paisagens? Ensaio? Retratos? Street e cultura local (Travel Photography)?

Bem. Ainda não tenho uma quantidade imensa de equipamentos, mas até mesmo por isso tento diversificar dentro das minhas especialidades favoritas. Minha viagem é para fotografar paisagens, as culturas e locais. Então, aqui vai minha mochila "unpacked":

Seguindo de cima para a direita, vamos lá?

  1. Câmera Canon EOS 6D c/ lente 24-105mm f/4
  2. Lente 70-200mm f/4
  3. Flash Canon 430 EX II
  4. Lente 50mm f/1.8
  5. Difusor para o flash
  6. Extensor para a GoPro (famoso pau de selfie?)
  7. Kit de limpeza
  8. Carregador de bateria
  9. Disparador remoto
  10. Memory Cards (32GB, SD10)
  11. GoPro Hero4 Silver c/ card SD10, 32GB
  12. Conector SD/Lightning para iPad

A lente 24-105mm é excelente para fotos de paisagens e afins. Apesar de não ser muito leve, é versátil e pode variar desde a grande angular até uma mini-teleobjetiva, caso eu queira captar algum detalhe sem trocar para a 70-200mm. E falando nela (a minha tele), é bem leve (f/4) e pode ser a minha arma secreta para tirar algumas fotos de vida selvagem, pessoas e detalhes distantes, caso eu queira.

A 50mm é uma ótima opção para fotografias noturnas, em ambientes internos e retratos. Estou levando por ser pequena e leve, quase não ocupando espaço. Importante também levar a GoPro, para fotografias aquáticas, filmagem, e fazer aquela graça tirando uns selfies, né. O restante é munição para as armas pesadas. Conectores, limpeza, carga e memória. Indispensáveis.

Por fora da mochila estou levando o iPad para olhar as fotos, postar e fazer até alguma correção (Photoshop), e um tripé.

O resultado depois vocês vão ver por aqui. Aliás, faltam apenas 2 dias!

Até!

Comment

Travessia das ilhas - Nova Zelândia

Comment

Travessia das ilhas - Nova Zelândia

E ai, curtidores! Falta menos de uma semana! Enquanto a gente espera pela nossa trip fotográfica, nada mais justo do que compartilhar um pedaço do nosso plano com vocês.

Antes de mais nada, vamos lá... Cruzaremos as duas ilhas de carro em busca das melhores paisagens e experiências! Isso mesmo: aproximadamente 3000 km em 14 dias. Vai ser uma aventura e tanto.

Que tal dar uma curtida no nosso roteiro das ilhas?

Na ilha norte, achamos que o ponto alto vai ser a travessia do Tongariro National Park pela Alpine Crossing. As vistas são impressionantes em meio a vulcões, trilhas e lagos. Mas também temos as famosas fontes termais de Whakarewarea e Waiotapu, e as cavernas brilhantes de Waitomo. Preparem-se para ver muitas fotos!

Bem a ilha sul dispensa comentários... Queenstown é a capital da aventura no mundo, onde você pode se perder em paisagens, bungee jumps, skydives, vôos panorâmicos e trilhas incríveis. Mas, há grandes achados em Aoraki/Mt. Cook, Milford Sound e nas estradas cênicas que ligam essas maravilhosas cidades.

Estamos ansiosos. Aguardem muitas fotos! Até mais!

Comment

Comment

10 dias para a viagem - Nova Zelândia + Fiji

Olá, fotógrafos e entusiastas! Tudo bem?

Hoje começa a contagem regressiva para a nossa viagem para a Nova Zelândia e Fiji. Serão no total 20 dias de muitas paisagens, aventuras e desafios pela frente! Nem preciso dizer por que escolhemos esses lugares, não é? A Nova Zelândia é simplesmente um dos lugares com as paisagens mais impressionantes do mundo! Isso sem contar as trilhas e natureza, a cultura Maori e as estradas cênicas. Além disso, o que dizer de Fiji, com suas centenas de ilhas e água transparente?

Mount Cook at Sunrise by Chris Jim

Mount Cook at Sunrise by Chris Jim

Sendo assim, gostaria de fazer um pacto com vocês: vou atualizar frequentemente as redes sociais com pelo menos uma foto e alguma história de onde estarei durante esses dias, e postar alguma coisa por aqui também.

Já nos seguiram no Twitter e no Facebook? Não? Aproveitem e deem uma clicada ali no finalzinho da tela, do lado direito!

Aguardem mais novidades! ;-)

Comment

5 escapadas para fotografar no centro do Rio

Comment

5 escapadas para fotografar no centro do Rio

Se você anda reclamando que não tem tempo para visitar e fotografar lugares interessantes, pense de novo. Nesse post iremos mostrar 5 lugares incríveis para você fotografar no centro do rio, aproveitando seu horário de almoço, ou antes/depois do trabalho. Hoje mesmo, durante meu horário de almoço, dei um pulo no Real Gabinete para completar esse post! Então... Sem desculpas, galera! :-)

1. Lapa

Rio-8
Rio-12

2. Real Gabinete Português de Leitura

Realgabinete-2

3. Convento de Santo Antônio

ConventoStAntonio

4. Catedral Metropolitana

Rio-3

5. Teatro Municipal

TeatroMunicipal

Bônus: Ruas do Centro

Rio-7

Para quem curte Fotografia de Rua (Street Photography) o Centro do Rio é um prato cheio. A movimentação, os becos, as luzes e sombras mostram a história e a alma da cidade como ela é. Só tome cuidado com furtos e roubos do seu equipamento!

Até a próxima!

Comment

Fotografando o pôr do sol no Rio de Janeiro em 5 lugares fantásticos

Comment

Fotografando o pôr do sol no Rio de Janeiro em 5 lugares fantásticos

Se há uma coisa que fascina muitos fotógrafos, apaixonados e admiradores é o pôr do sol. A boa nova é que há lugares fantásticos e gratuitos no Rio de Janeiro para você fotografar ou curtir esse momento em qualquer época do ano.

1. Enseada de Botafogo

PordoSol-2

2. Urca

PordoSol-3

3. Leme

PordoSol-5

4. Arpoador

PordoSol-1

5. Armação de Búzios

PordoSol-4

Lembre-se sempre de ver a hora do pôr do sol para você não sair antecipado ou atrasado de casa ou do seu compromisso (http://www.climatempo.com.br/previsao-do-tempo/cidade/321/riodejaneiro-rj ).

As fotos tendem a ficarem melhores na famosa hora dourada (“Golden hour”). Esse período são os 15 a 30 minutos após o nascer do sol, e antes do pôr do sol, durante o qual a luz do dia é mais vermelha e mais suave.

Outra dica é: após o sol se por, não embrulhe o equipamento e saia correndo. Há alguns momentos após o sol sumir no horizonte que as luzes ficam bastante interessantes, principalmente quando houver nuvens. Coloque sua câmera no modo manual (se ela permitir) e experimente diversas combinações de fotos e composições.

Divirta-se!

Comment